Hilda Salomão – Atelier – Salvador – Bahia

A Cerâmica em Tom Maior de Hilda Salomão – Por Matilde Matos

Hilda Salomão desenvolveu com a técnica de trabalhar o barro uma intimidade que parece predestinada, e se revela na concepção contemporânea da sua irretocável cerâmica. Enquanto ceramistas moldam a forma em esculturas, HS produz em cerâmica fragmentos específicos, inserindo-os numa massa de argila sobre madeira para compor seus quadros, que têm a riqueza de formas, cores, texturas e impressões próprias da pintura.

A cerâmica de HS se impõe na integração perfeita da técnica com a sua intenção de ressaltar as raízes ancestrais, evocando a natureza. Só o barro pode concretizar tão bem esse motivo: nos efeitos que a artista extrai da gama infinita dos seus tons, na reprodução das texturas e cores das rochas, ou de praias batidas pelas ondas. Tão importante quanto essa adaptação da técnica ao motivo, é a naturalidade e harmonia da composição dos fragmentos, que são organizados nos painéis com a espontaneidade da natureza.

Nada nessa cerâmica contemporânea em tom maior de HS soa falso. Ela nos remete às nossas remotas origens ao refletir o que restou de primitivas aldeias, vestígios, sombras do que foi; e quando se detém na figura humana nos painéis ou em esculturas, livres da estereotipia da superfície lisa, fica difícil para o espectador não se deixar envolver pela emoção.

Matilde Matos
(da ABCA e AICA)

© 2018 Hilda Salomão. Todos os Direitos Reservados
Criação 
ZWA